Obras de duplicação fecham a Imigrantes até sexta

A Rodovia dos Imigrantes permanecerá bloqueada ao tráfego de veículos até às 4h da manhã da próxima sexta-feira para obras de manutenção e duplicação que estão sendo realizadas pelo Governo do Estado. O bloqueio teve início às 23h de ontem e deixará o Sistema Anchieta-Imigrantes operando no esquema 2 x 2 (descida pela pista sul da Anchieta e subida pela pista norte).Segundo os engenheiros responsáveis pela construção da nova pista, devido à velocidade da execução da obra, é necessário dar mais segurança aos trabalhadores e também aos usuários do Sistema Anchieta-Imigrantes, uma vez que veículos de grande porte vão trafegar pelo trecho de serra da rodovia. A interdição deste trecho, entre os quilômetros 62 e 40, acontecerá em três períodos, durante 14 dias alternados, exceto nos finais de semana e feriados.Interdições:Das 23h00 de ontem (segunda-feira) às 4h00 do dia 4/10/02 (sexta-feira);Das 12h00 do dia 7/10/02 (segunda-feira) às 4h00 do dia 10/10/02 (quinta-feira);Das 23h00 do dia 14/10/02 (segunda-feira) às 4h00 do dia 18/10/02 (sexta-feira).Esquema de emergênciaComo ocorreu na última interdição, a Ecovias disponibilizará esquemas emergenciais de reabertura da rodovia em casos de acidentes graves ou de tráfego congestionado, uma vez que todo o trânsito estará concentrado nos dos sentidos da Via Anchieta. Segundo a empresa, mesmo tendo escolhido os dias de menor tráfego, foi duplicando o número de guinchos e de viaturas de inspeção para intervir rapidamente em caso de necessidade. Telefone de informaçõesPelo telefone gratuito 0800.197878 os usuários podem confirmar as condições de tráfego e o melhor horário para utilizar o Sistema Anchieta-Imigrantes durante a interdição. A Ecovias adianta que devem ser evitados principalmente os horários das 7h às 9h e das 17h às 19h. A concessionária recomenda também às empresas transportadoras que programem as viagens de seus caminhões durante a madrugada, das 22h às 5h, quando o tráfego de automóveis e utilitários é menor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.