Obras interditam mais três trechos da Av. Cidade Jardim em SP

Na próxima segunda-feira, primeiro diaútil com as novas interdições na Avenida Cidade Jardim, osmotoristas devem ter muita paciência para enfrentar um possívelcaos no trânsito da região, principalmente nos caminhosalternativos. Para permitir o prosseguimento das obras dapassagem de nível sob a Avenida Brigadeiro Faria Lima, aCompanhia de Engenharia de Tráfego (CET) interdita amanhã maistrês trechos da Cidade Jardim: entre as Avenidas 9 de Julho e aFaria Lima, nos dois sentidos; entre a Rua Amauri e a Faria Lima sentido centro; e no trecho do acesso à Marginal do Pinheirosaté a Amauri, onde só serão permitidos ônibus e tráfego local. Pelos pontos bloqueados, circulam 6.800 veículos por hora- 3.600 no sentido bairro e 3.200 no sentido contrário. Asinterdições vão durar cinco meses e a passagem subterrânea deveficar pronta em novembro. Para facilitar a circulação nas viasusadas como desvio, a CET alterou, na quinta-feira, o sentido dacirculação em trechos da Alameda Gabriel Monteiro da Silva e dasRuas Seridó, José Gonçalves de Oliveira e Emanuel Kant: passarampara sentido único em direção ao centro. Nas vias alternativas está proibido o estacionamento. ACET também desativou as vagas de Zona Azul nas Ruas Iguatemi,Escócia, Emanuel Kant e Jerônimo da Veiga, e remanejou pontos detáxi. A São Paulo Transporte alterou o itinerário de 52 linhasde ônibus. Motoristas e comerciantes temem que a situação dotrânsito na região vá se agravar com as novas interdições. "Asruas que vão servir de caminhos alternativos não têm capacidadepara suportar o trânsito que será desviado para elas", prevê opresidente da Sociedade Amigos da Cidade Jardim, EduardoResston.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.