Ocorrências policiais da noite e da madrugada

A noite de sexta-feira e a madrugada de sábado foram relativamente calmas no setor policial. Poucas ocorrências de homicídio foram registradas em delegacias da Grande São Paulo nesse período e as equipes de plantão no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) atenderam a poucos pedidos de ajuda em investigações.Uma das ocorrências foi o registro de que um travesti negro, aparentando 30 anos, foi baleado no peito, no início da madrugada, à altura do número 2.001 da Av. do Estado, no bairro do Canindé. Patrulheiros da Rota ouviram estampidos e, ao chegarem no local, o encontraram agonizando. A vítima morreu no PS do Hospital Nossa Senhora do Pari e as investigações estão a cargo de policiais do 12º DP-Pari.Na Zona Leste, a adolescente Glauce Ferreira de Oliveria, de 15 anos, foi assassinada próximo à sua residência, em frente ao número 497 da Rua Serra das Divisões, no Jardim Bandeirantes. Segundo familiares, ela estava sozinha, quando um automóvel preto aproximou-se e, do seu interior, partiram disparos. Atingida na cabeça, ela morreu antes que pudesse ser socorrida. A Equipe E/Leste do DHPP, acionada pelo delegado de plantão do 66º DP - Vale do Aricanduva, assumiu as investigações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.