OEA discute combate à violação de direitos de jovens infratores

Encontro busca soluções para os casos de violação contra adolescentes que cumprem medida socioeducativa

Agência Brasil,

29 Outubro 2008 | 09h55

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) realiza nesta quarta-feira, 29, em Washington, a primeira audiência regional sobre Justiça Juvenil, com participação de representantes do Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile.   O objetivo do encontro é buscar soluções para casos de violação de direitos de adolescentes infratores que cumprem medida socioeducativa de cada país.   Todos os casos analisados pela organização decorreram de ações individuais baseadas em fatos concretos de violação de direitos humanos. A reunião em Washington é resultado de uma articulação de entidades como a Associação Nacional dos Centros de Defesa da Criança e do Adolescente (Anced).   O representante do Brasil, por meio da Anced, é o advogado e coordenador executivo da Organização de Direitos Humanos Projeto Legal, Carlos Nicodemos.

Mais conteúdo sobre:
OEA medida socioeducativa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.