Oito pessoas são presas por adulteração de combustível

Oito pessoas envolvidas na adulteração de combustíveis foram presas durante a Operação Dissolve, realizada na manhã desta quinta-feira, dia 23, pela Polícia Federal. Seis deles foram detidos no município de Limeira, interior de São Paulo, um em Cordeirópolis, também no interior paulista e o último no Guarujá, litoral sul do Estado. Além das prisões, foram seqüestrados quatro veículos utilizados pela organização. Os policiais federais ainda cumpriram mandados de busca e apreensão em 27 endereços, sendo postos de gasolina, nos municípios de Cordeirópolis, Limeira e Ribeirão Preto, distribuidoras e transportadoras, em Piracicaba, Cordeirópolis, Novo Horizonte e Cuiabá, no Mato Grosso, indústrias químicas, em Piracicaba e Santa Bárbara D´Oeste e residências, em Limeira, Cordeirópolis e Guarujá.Nesses locais foram coletados notas fiscais, carimbos e todos os tipos de documentos que podem comprovar a ação ilegal da organização criminosa na compra de solventes para a adulteração de grande quantidade de combustíveis. Cinco mandados de prisão continuam em aberto e serão cumpridos assim que os suspeitos forem localizados. A organização criminosa adulterava milhões de litros de combustível mensalmente, que abasteciam dezenas de postos de gasolina em São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.