Olivetto fará reconhecimento de seqüestradores em SP

O publicitário Washington Olivetto ficará frente a frente com seus seqüestradores nesta quarta-feira, em São Paulo. Olivetto chegou às 8h20 no Fórum da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo. O veículo onde ele estava foi escoltado por três automóveis com seguranças e por um carro da Delegacia Especializada Anti-Sequestro, onde se encontrava o delegado Wagner Giúdice.Os seis sequestradores presos também estão seguindo para o fórum vindos da Casa de Custódia de Taubaté. Além de Olivetto, serão ouvidas outras seis testemunhas de acusação, entre elas a mulher dele e o sócio. Olivetto permaneceu quase dois meses em poder dos criminosos, trancado num cubículo. O publicitário só foi libertado depois que seis seqüestradores foram presos e o líder deu um telefonema. Os homens que tomavam contado cativeiro fugiram e uma vizinha ouviu os gritos de socorro do refém. Essa é a primeira vez que Washington Olivetto vai se encontrar com a quadrilha. O líder do seqüestro foi Maurício Hernandes Norambuena, que teria ligações com a guerrilha chilena, a Frente Patriótica Manuel Rodrigues. O Chile pediu pela segunda vez a extradição de Norambuena. Lá, ele já fugiu de uma cadeia de segurança máxima quando cumpria pena de prisão perpétua por homicídio e terrorismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.