Corpo de Bombeiros de SC/Divulgação
Corpo de Bombeiros de SC/Divulgação

Onda de atentados em SC chega ao sexto dia, com 56 ataques em 18 cidades

Seis ações criminosas foram registradas entre a noite de segunda e a madrugada desta terça-feira; ônibus, carros e até uma loja foram incendiados

Júlio Castro, Especial para o Estado

05 Fevereiro 2013 | 10h22

FLORIANÓPOLIS - A série de atentados em Santa Catarina entrou no seu sexto dia com mais seis ações criminosas entre a noite de segunda e madrugada desta terça-feira, 5. Agora já são 56 as ocorrências em 18 municípios das quatro regiões do Estado. 

Em Ilhota, município do Vale do rio Itajaí, três ônibus que estavam no pátio da garagem da prefeitura foram incendiados. Dois ficaram parcialmente destruídos e o terceiro teve perda total. Poucos quilômetros do local, em Itajaí, um fusca foi incendiado por volta da meia-noite. A Polícia Militar informou que um homem teria passado de bicicleta e colocou fogo no veículo que estava parado.  Ainda na região litorânea do Estado, um caminhão abandonado foi incendiado por volta das 5h30 em Joinville, que agora já soma 12 atentados deste o dia 30 de janeiro. 

Em Chapecó, dois homens ingressaram em um ônibus da Auto Viação Chapecó e obrigaram passageiros, motorista e cobrador a sair para em seguida incendiá-lo. Foi o terceiro ataque na cidade nos últimos dois dias. A cidade de Tubarão, no Sul, teve seu primeiro registro de atentado na madrugada. A ocorrência foi contra um micro-ônibus e foi provocada por um homem que teria jogado combustível no veículo estacionado em frente a uma casa. O incêndio foi controlado pelo dono da casa.

Outras ocorrências foram registradas nas últimas horas. Ainda no Sul, uma pessoa ficou ferida após ser atingida por uma pedra jogada contra um ônibus e em São José, na Grande Florianópolis, só que na segunda-feira, bandidos tentaram incendiar uma loja de eletrodomésticos. O incêndio teve início no banheiro do estabelecimento e logo foi contido com extintores. A PM encontrou no local garrafas pet com gasolina, artefato semelhante utilizado na maioria dos atentados contra ônibus em Santa Catarina. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.