Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Onda de frio começa a perder força no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil neste fim de semana

Os termômetros começam a subir entre sábado e domingo, mas as madrugadas ainda serão de baixas temperaturas em boa parte do País

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

20 de maio de 2022 | 10h40
Atualizado 21 de maio de 2022 | 06h36

Depois do registro recorde de frio para o mês de maio em São Paulo, Belo Horizonte, Distrito Federal, Cuiabá, Campo Grande e Goiânia, a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é que a partir deste sábado, 21, a onda de frio comece a perder força nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País. O frio perde intensidade, mas as madrugadas ainda serão de temperaturas baixas em boa parte do País

Na sexta-feira, 20, as temperaturas ainda continuaram baixas em grande parte do Brasil. Teve formação de geada em áreas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal.

Na capital paulista, a mínima permaneceu em torno de 7ºC, com máxima de 18ºC, na sexta-feira. Neste sábado, a temperatura fica entre 8ºC e 21ºC. Já neste domingo, 22, a variação é de 11ºC a 24ºC. Somente na terça-feira, 24, a máxima na cidade será de 25ºC.

Em Belo Horizonte, a temperatura na sexta-feira ficou entre 6ºC e 21ºC. Neste sábado, fica entre 9ºC e 22ºC. Já neste domingo, a variação permanece entre 10ºC e 23ºC.

No Rio de Janeiro, assim como na sexta-feira, a temperatura varia entre 13ºC e 25ºC neste sábado. Neste domingo, entre 14ºC e 26ºC.

Goiânia registra mínima de 6ºC e máxima de 23ºC na sexta-feira. Neste sábado, já começa a esquentar, com os termômetros variando entre 9ºC e 27ºC. Neste domingo, fica entre 11ºC e 28ºC.

No Distrito Federal, onde os termômetros marcaram 1,4ºC na quinta-feira - a temperatura mais fria da história -, os termômetros começam a subir. Na sexta-feira, a previsão foi de variação entre 5ºC e 22ºC. Neste sábado, entre 8ºC e 24ºC. Já neste domingo, entre 9ºC e 25ºC.

Em Cuiabá, a temperatura oscilou entre 10ºC e 25ºC na sexta-feira. Neste sábado, a temperatura sobe e os termômetros ficam entre 13ºC e 28ºC. Já neste domingo, com dia ensolarado, a mínima é de 15ºC, mas a máxima chega a 30ºC.

Em Campo Grande, a variação ficou entre 8ºC e 22ºC na sexta-feira. Neste sábado, entre 9ºC e 24ºC. Já neste domingo, a oscilação permanece entre 12ºC e 26ºC.

Em Curitiba, a variação ficou entre 5ºC e 16ºC na sexta-feira. Neste sábado, entre 8ºC e 18ºC. Já neste domingo, há possibilidade de geada, com temperaturas variando entre 5ºC e 20ºC.

Em Florianópolis, a temperatura variou entre 10ºC e 20ºC nesta sexta-feira. Neste sábado, permanece entre 12ºC e 22 ºC. Já neste domingo, fica entre 12ºC e 21ºC. Nesta semana, a cidade serrana de Urupema, em Santa Catarina, amanheceu com neve

Já em Porto Alegre, a temperatura oscilou entre 11ºC e 18ºC na sexta-feira. Neste sábado, os termômetros oscilam entre 8ºC e 20ºC. Já neste domingo, a previsão é de poucas nuvens, com mínima de 10ºC e a máxima de 19ºC.

Na noite de quarta-feira, a Marinha do Brasil, por meio do Serviço Meteorológico Marinho, em colaboração com o Inmet, atualizou a situação da tempestade subtropical Yakecan, uma das responsáveis pelo frio que atingiu as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País, informando que ciclone se encontrava a cerca de 310 km da costa de Santa Catarina. Na quinta-feira, o ciclone já se encontra mais afastado do continente, a cerca de 920 km do litoral de São Paulo. Entre os efeitos prováveis estavam rajadas de ventos fortes, de até 120 km/h, e  ocorrência de neve no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e sul do Paraná, na região da Serra de Palmas.

Previsão de chuva no Nordeste

O deslocamento de uma frente fria sobre o litoral da Bahia associada a alta convergência de umidade vinda do Oceano Atlântico, causará até domingo fortes chuvas desde Sergipe até Pernambuco.

Neste período, os totais de chuva podem ficar próximos aos 150 mm entre os Estados de Sergipe e Alagoas.

Cuidados durante as baixas temperaturas

Com a chegada da intensa onda de frio que provocou queda brusca de temperatura em praticamente todo o Brasil, alguns cuidados são essenciais para evitar o desconforto provocado nesta época do ano. Além de manter o corpo aquecido com roupas quentes e cuidados com a pele e os cabelos, a prática de exercícios também é indicada. Quem possui alguma doença crônica, como a artrite, é essencial seguir um tratamento indicado para que as dores não incomodem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.