Ônibus atropela bloco de carnaval e mata três em MG

Duas crianças e um homem morreram e 25 pessoas ficaram feridas, duas delas em estado grave, ao serem atropeladas por um ônibus de turismo, na noite de sábado, em um bairro da periferia de Conselheiro Lafaiete, a cerca de 90 quilômetros de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar, o grupo se concentrava em uma rua do bairro São João para sair no bloco pré-carnavelesco da "Gerarda", quando ocorreu o acidente. O ônibus, com destino a Cipotânia, na Zona da Mata, passava pelo local com cerca de 40 passageiros, retornando de uma excursão à vizinha cidade histórica de Congonhas. De acordo com o motorista, ele tentou passar pela multidão que se aglomerava na rua quando o veículo perdeu os freios. Morreram na hora Rosemeire Aparecida Soares Nunes, de 12 anos, Marcos Paulo Bastos, de 13, e José Roberto Barbosa, de 52. Os 25 feridos, a maioria com fraturas e escoriações, foram levados para o Hospital-Maternidade São José e para duas clínicas de Conselheiro Lafaiete. Nenhum dos ocupantes do ônibus sofreu ferimentos.Segundo o sargento PM José Jacinto de Oliveira, o motorista Geraldo Costa por pouco não foi linchado por dezenas de pessoas que escaparam do atropelamento. "Muita gente ficou exaltada, quebrou alguns vidros do ônibus e ameaçou o motorista, mas a Polícia Militar chegou a tempo e o conduziu em segurança à Delegacia de Polícia Civil", afirmou o sargento. Geraldo, que não apresentava sinais de embriaguês, deverá responder a inquérito em liberdade. Peritos analisaram o ônibus e devem apresentar, em breve, um laudo sobre as causas do acidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.