Ônibus de Campinas param por um minuto na 4ª feira

Os ônibus do transporte coletivo de Campinas devem parar por um minuto na próxima quarta-feira, às 15 horas, em protesto contra a violência na cidade. O ato está sendo organizado pela própria Transurc, entidade que reúne as empresas de transporte, e acontece uma semana após o trágico assalto na linha 1.04 (Centro-Distrito de Sousas), que deixou três passageiros mortos.Além do assassinato da empregada doméstica, do jardineiro e do estudante que estavam entre os 12 passageiros, um motorista e um cobrador da linha 5.72 (Terminal Central-Terminal Ouro Verde) foram esfaqueados por assaltantes na última sexta-feira, em outro assalto a ônibus em Campinas.As duas ocorrências, num período de 24 horas, despertaram a atenção dos empresários do setor, que se reuniram para discutir o problema. Antes do minuto pela paz na quarta-feira, a direção da Transurc deve se reunir na terça-feira com o comando do 8º e do 35º Batalhão da Polícia Militar. A entidade quer providências da polícia para inibir a violência contra trabalhadores e usuários do transporte coletivo em Campinas.Após o triplo homicídio da última quarta-feira, que deixou chocada a população do Distrito de Sousas, onde moravam as vítimas, o comando da PM anunciou um plano para tentar reduzir a criminalidade. As operações de policiamento preventivo deverão ser feitas no período noturno nas regiões mais violentas, com o objetivo de proteger quem usa e trabalha nos ônibus, transporte alternativo e táxi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.