Ônibus escolar bate e fere 18 crianças

Um ônibus escolar contratado pela Prefeitura de Marília, que transportava 50 alunos de quatro a seis anos de idade para a Escola Fernando Mauro, bateu em um poste na esquina das ruas Amador Bueno e Ida Pavarini, na zona oeste da cidade. Dezoito crianças ficaram feridas, sendo 15 leves e três com maior gravidade - elas foram internação para observação médica.O motorista José Carlos de Moraes prestou depoimento no 4º Distrito Policial de Marília, onde disse ter sofrido o acidente ao desviar de um veículo que virou em alta velocidade na sua frente.Marlene Ribeiro, mãe de uma das crianças que estavam no ônibus protestou contra a superlotação do veículo, dizendo que há dias em que o veículo transporta até cinco crianças por banco.A secretária da Educação, Rosana Puia disse que o transporte se faz de forma regular, com a colocação dos veículos necessários para o transporte confortável e seguro das crianças.As condições em que ocorreu o acidente, a possível superlotação e a conservação do veículo serão investigadas em inquérito policial.

Agencia Estado,

23 de setembro de 2004 | 19h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.