Ônibus leva cães e gatos ao veterinário

O dia nem amanheceu. Em uma rua do Jardim Mariane, no Jardim Angela, região periférica da zona sul, os moradores da favela começam a chegar, trazendo da maneira mais improvisada possível seus animais de estimação. A primeira a chegar foi a cadela Genoveva, seguida pela vira-lata Lessie e a gata Mimi. A calçada se transforma em um ponto de ônibus: todos estão à espera do ?Bichomóvel?, o ônibus que levará 38 cães e gatos até uma clínica particular onde serão castrados e vacinados gratuitamente.A experiência, inédita na cidade e talvez no País, será inaugurada oficialmente no próximo mês, mas já está funcionando desde o final de outubro. O Bichomóvel e o Centro de Planejamento de Natalidade Animal (CPNA), onde os animais serão castrados, são a realização de um sonho. A idealizadora é a executiva norte-americana Debbie Hirst, de 34 anos. "Tentar acabar com o sofrimento dos animais de rua é o que me dá energia para viver", diz. Leia mais em Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.