Ônibus movido a hidrogênio será lançado em São Paulo

O Ministério de Minas e Energia e a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) lançam na terça-feira, 14, em São Bernardo do Campo (SP), às 10 horas, o projeto do primeiro ônibus urbano movido a células de hidrogênio no País. A expectativa das autoridades envolvidas é de que o primeiro desses ônibus comece a circular em novembro de 2007, no corredor São Mateus-Jabaquara. O ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, participará do lançamento, na sede da EMTU, em São Bernardo.O projeto prevê investimentos de US$ 21 milhões, que incluem a aquisição, operação e manutenção de até cinco ônibus que serão utilizados no corredor São Mateus-Jabaquara por um período de quatro anos, durante o qual terão seu desempenho avaliado. Também será adquirida uma estação de produção de hidrogênio e de abastecimento dos ônibus. Segundo técnicos ligados ao projeto, esses ônibus, além de não emitir poluentes, são silenciosos.Os principais objetivos do projeto-piloto, que também tem como parceiros o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), o Global Environmental Facility (GEF) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), são o desenvolvimento de meios de transporte limpos no Brasil.O ônibus movido a hidrogênio terá capacidade para 90 pessoas, será equipado com ar-condicionado e, segundo os técnicos, desenvolverá velocidade semelhante à dos ônibus que circulam pela cidade de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.