Ônibus são apedrejados durante greve em Sorocaba

Quatro ônibus da empresa Tiptur Transportes Ipanema Tur, que faz o transporte de funcionários para empresas da região, foram apedrejados entre a noite de quinta-feira e a madrugada de hoje, em Sorocaba. A polícia acredita que os atentados foram praticados por funcionários da própria empresa, em greve desde o início da semana. Três veículos foram atingidos com pedradas quando trafegavam em comboio pela Rodovia Raposo Tavares, levando trabalhadores de Sorocaba para uma indústria em Alumínio, cidade próxima. O ataque ocorreu próximo do Distrito de Brigadeiro Tobias, no município de Sorocaba. Vários vidros foram quebrados, mas ninguém ficou ferido. Outro coletivo foi apedrejado no bairro Guaíba II, em Sorocaba.Apenas os funcionários da empresa que atuam em Mairinque e Alumínio estão em greve. Eles reclamam a volta dos cobradores e querem estender a paralisação aos funcionários de Sorocaba. A empresa instalou catracas eletrônicas alegando que ocorriam muitos assaltos na linha. Após os ataques, os 24 ônibus da Tiptur pararam, deixando sem transporte cerca de 8 mil usuários. O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Campinas deu liminar à empresa obrigando a circulação de um terço da frota.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.