Ônibus voltam a circular na zona leste de São Paulo

Os funcionários da Viação Himalaia, que atende 23 linhas na zona leste de São Paulo, começaram a voltar ao trabalho, segundo a SPTrans, depois de se recusarem a trabalhar na madrugada desta quinta-feira, 1º.Os primeiros ônibus começaram a sair de uma das garagens da Viação por volta das 6h30 e aos poucos os coletivos voltavam a fazer o horário normal. A expectativa era de que a situação fosse normalizada até o início da tarde.Segundo a SPTrans, a paralisação afetou cerca de 100 mil pessoas. A operação Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese), com 163 carros de outras empresas para atender os passageiros da viação Himalaia, ainda continuava até às 9 horas. Em relação à paralisação, o sindicato que representa os motoristas e cobradores alega que a empresa não está cumprindo cláusulas do acordo coletivo da categoria, como pagamento de 50% de horas extras. Cerca de 559 coletivos ficaram parados nas garagens.Esta é a segunda vez em menos de 30 dias que os funcionários da Viação Himalaia cruzam os braços e prejudicam 250 mil moradores da zona leste da capital. O mesmo ocorreu na manhã do dia 16 de fevereiro.

Agencia Estado,

01 de março de 2007 | 09h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.