Onze da mesma família são presos por tráfico na Bahia

Líder da quadrilha é uma mulher de 66 anos, maioria dos presos pertencia à família Araquã

Tiago Décimo, de O Estado de S. Paulo,

19 de dezembro de 2008 | 16h07

Onze pessoas de uma mesma família foram presas na manhã desta sexta-feira, 19, acusadas de tráfico de drogas, homicídios e assalto a banco na Bahia. No total, a Polícia Civil da Bahia prendeu 15 pessoas que agiam na região norte do Estado. Os onze presos pertencem à família Araquã, que comandaria o comércio de entorpecentes em municípios como Juazeiro e Senhor do Bonfim, na divisa com Pernambuco. Entre os presos está uma mulher de 66 anos, apontada como uma das líderes do grupo. As investigações, segundo a polícia, duraram 6 meses. Foram apreendidos, na operação, 150 quilos de maconha, porções de cocaína e crack - o volume não foi divulgado -, duas pistolas e três motocicletas.

Tudo o que sabemos sobre:
tráficodrogas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.