Operação contra crack recolhe 49 pessoas no centro do Rio

Os acolhidos serão encaminhados para abrigos da Rede de Proteção Especial do município

estadão.com.br,

14 de dezembro de 2011 | 15h37

SÃO PAULO - A Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) recolheu na manhã desta quarta-feira, 14, 49 pessoas - 41 adultos e oito crianças e adolescentes - em mais uma operação de combate ao crack, na região do centro do Rio de Janeiro.

A ação de hoje, que teve início às 7h, foi acompanhada pelo Ministério Público. As equipes percorreram o entorno da Rodoviária Novo Rio, Central do Brasil, os Terminais Rodoviários Américo Fontineli e Procópio Ferreira, ambos no Centro, além de parte da Avenida Presidente Vargas e do bairro da Leopoldina.

Durante a ação, pedras de crack foram encontradas com um homem. Após o processo de identificação na polícia, foi constatado que o mesmo respondia a dois mandados de prisão pendentes e ele ficou detido.

Os adultos irão para o abrigo de Paciência, na zona oeste, e os menores para a Central de Recepção Carioca, no centro. Os menores que forem identificados com alto grau de comprometimento com a dependência química serão conduzidos para tratamento em uma das quatro unidades de abrigamento compulsório.

Mais conteúdo sobre:
crackRio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.