Operação contra o tráfico deixa 1,7 mil alunos sem aulas no Rio

Sete escolas municipais foram afetadas em Costa Barros, zona norte do Rio

Adriano Barcelos, O Estado de S. Paulo

19 de novembro de 2013 | 10h37

RIO - Uma operação de combate ao tráfico de drogas em Costa Barros, zona norte do Rio, levou à interrupção das aulas na manhã desta terça-feira, 19, em sete escolas municipais da capital fluminense. Juntas, as unidades atendem 1.786 alunos. A retomada das aulas no período da tarde não está garantida, mas a Secretaria de Educação do município assegura que o conteúdo será reposto. Na rede estadual não houve interrupções, conforme o governo do Estado.

A operação envolve blindados e policiais militares de quatro batalhões das zonas norte e oeste do Rio e está concentrada na favela da Pedreira.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio de Janeiroviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.