Operação da Polícia Civil deixa saldo de 5 mortos e 4 presos em favela no Rio

Incursão na Favela do Rola teve início à tarde; policiais deixaram o local somente à noite

O Estado de S.Paulo,

17 Agosto 2012 | 03h44

SÃO PAULO - Uma operação de agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), da Polícia Civil do Rio, terminou com um saldo de cinco suspeitos mortos e quatro detidos nesta quinta-feira, 16, na Favela do Rola, em Santa Cruz, na zona oeste da capital fluminense.

 

Os cerca de 30 policiais, com auxílio de um carro blindado e dois helicópteros, entraram na favela durante a tarde e saíram somente à noite, após, segundo o delegado Ricardo Barboza de Souza, realizarem mandados de prisão com o objetivo de reprimir o tráfico de drogas.

 

Os cinco suspeitos baleados durante as supostas trocas de tiro morreram no Hospital Estadual Rocha Faria, em Campo Grande. Outros quatro supostos traficantes foram detidos. Na operação, os policiais apreenderam dois fuzis, várias pistolas e drogas em geral, cuja quantidade ainda não foi divulgada.

 

Os dados foram encaminhados para a 36ª Delegacia, de Santa Cruz.

Mais conteúdo sobre:
Tiroteio favelas armas tiroteio confronto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.