Operação de trens da linha F da CPTM continua problemática

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) ainda investiga as causas da queda de cabos de energia aéreos na madrugada de hoje, que paralisou a operação dos trens no trecho entre as estações Itaim Paulista e Itaquaquecetuba, na Linha F (Brás-Calmon Viana). Mais de 30 técnicos trabalham para restaurar a operação. O problema foi detectado durante a manutenção diária das madrugadas. Até o momento, a circulação no trecho é realizada pelo Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese) com 30 ônibus disponibilizados para o transporte dos usuários entre as estações afetadas. Ainda não há previsão para a normalização da operação na região.

Agencia Estado,

22 Fevereiro 2006 | 11h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.