Operação deixa quatro supostos traficantes feridos no Rio

Um dos feridos seria o braço direito do chefe do tráfico na Favela da Coreia, na zona oeste da capital

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

13 de março de 2009 | 15h56

Quatro supostos traficantes ficaram feridos na tarde desta sexta-feira, 13, após uma troca de tiros com policiais do serviço reservado e do Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 14º Batalhão da Polícia Militar que realizavam uma operação na Favela da Coreia, na zona oeste do Rio de Janeiro.

 

De acordo com a PM, um dos feridos é apontado pela polícia como braço direito do chefe do tráfico daquela comunidade. Ele e mais três suspeitos foram levados ao Hospital Albert Schweitzer.

 

Na operação, os policiais militares ainda apreenderam um fuzil AR15, uma submetralhadora MK, três pistolas 9mm, um carro Polo e um rádio transmissor.

 

Na tarde de quinta-feira, 12, a mesma equipe apreendeu cerca de 100 quilos de cocaína dentro de uma casa. Além da droga, os policiais encontraram duas pistolas, dois uniformes originais da Polícia Rodoviária Federal (PRF), um aparelho para fabricar munições, três granadas, e material para embalar a cocaína.

Tudo o que sabemos sobre:
tiroteio no Rioviolência no Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.