Operação no Complexo da Maré deixa ao menos 5 mortos

Ao menos 10 pessoas teriam sido presas; ação não tem previsão para terminar

estadão.com.br

02 de maio de 2010 | 10h36

Cerca de 350 policiais civis realizam uma operação nas favelas do Complexo da Maré, zona norte do Rio. Segundo a Rádio CBN, no total, 15 delegacias especializadas e 39 distritais estão envolvidas na ação.

 

O objetivo da operação é prender uma quadrilha responsável por assaltos a carros praticados na região. Até o momento, segundo a Polícia, ao menos 5 pessoas teriam sido mortas em confronto e outras 10 já teriam sido presas.

 

De acordo com as informações da CBN, foram encontrados uma prensa usada na fabricação de drogas e uma oficina de armas, com furadeiras e ferramentas. No mesmo beco, quatro granadas também foram apreendidas pelos policiais 

 

Um integrante da quadrilha, Rogério Rodrigues de Freitas, conhecido como "Pará", já foi preso. A polícia continua a operação, que não tem previsão para terminar.

Tudo o que sabemos sobre:
RioComplexo da MaréPolícia Civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.