Operação no Rio recolhe usuários de drogas na Avenida Brasil

Cerca de cem pessoas foram detidas, entre elas idosos e uma grávida

Thaise Constancio, O Estado de S. Paulo

19 de novembro de 2013 | 12h28

RIO -  Cerca de cem pessoas foram detidas na manhã desta terça-feira, 19, em uma operação das policias Militar e Civil do Rio e de agentes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS) para recolher usuários de drogas na comunidade Nova Holanda, às margens da Avenida Brasil. Um caveirão (veículo blindado da PM) apoiou a operação.

A ação começou por volta das 6 horas e recolheu idosos, menores de idade, deficientes físicos e uma grávida. Eles foram levados por seis vans da Prefeitura para o pátio do quartel do 22º BPM (Maré), onde foi instalado um posto provisório da 21ª DP (Bonsucesso) para identificação dos detidos.

Havia, inclusive, um acampamento no local que é conhecido pela elevada quantidade de usuários de crack que circulam pela comunidade Nova Holanda. Eles são suspeitos de cometerem crimes na região.

Na manhã de segunda-feira, 18, um homem não identificado e possível usuário de drogas foi detido por agentes do Batalhão de Policiamento de Vias Expressas (BPVE) quando andava entre carros e motos em alta velocidade na Avenida Brasil, próximo à comunidade Vila do João, no Complexo da Maré. Apesar do susto durante o horário de rush, ele não foi atingido por nenhum veículo, mas foi levado pelos PMs para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio de Janeirodrogas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.