Operação-padrão da PF ainda não afeta passageiros de aeroportos em SP, diz sindicato

Aeroportos devem começar a sentir atrasos a partir do meio-dia

Solange Spigliatti, estadão.com.br

19 Abril 2012 | 08h16

SÃO PAULO, 19 - A operação-padrão de agentes da Polícia Federal desencadeada nesta quinta-feira, 19, em todo o País, ainda não afetava os passageiros dos Aeroportos de Congonhas, na zona sul da capital paulista, nem sequer o Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, segundo o Sindicato dos Servidores da Polícia em São Paulo (Sindpolf/SP).

Segundo o sindicato, em Congonhas, a operação-padrão deve afetar os voos no período da tarde. Já em Cumbica, que é um aeroporto de fronteiras, a operação deve começar a atingir os passageiros depois do meio-dia, considerado como horário de pico, com um aumento nas filas, principalmente no setor de imigração.

A operação-padrão é uma forma de tornar os serviços e procedimentos dos aeroportos mais lentos por meio, por exemplo, de burocracia. Os policiais dizem que vão checar documentações e bagagens de todos os passageiros que desembarcarem ou embarcarem no país, entre outras

O protesto dos servidores da PF é contra as terceirizações em funções que consideram exclusivas da Polícia Federal e por causa da precarização da segurança, de acordo com o Sindpolf. Haverá mais rigor na checagem de documentos, como passaporte e bilhete de passagem, entrevista com o passageiro e a checagem no sistema da PF de procurados e impedidos de deixar o País, tanto na chegada quanto na saída. Até mesmo brasileiros serão interrogados na entrada.

Voos

Segundo boletim das 8 horas da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) o movimento nos aeroportos era considerado normal. Entre os 530 voos programados em todo o país no período, 26 voos registraram atrasos de mais de meia hora e 22 foram cancelados.

Em Congonhas, dois voos foram cancelados e nenhum teve atraso, entre os 32 previstos. Já em Cumbica, apenas um voo registrava atraso entre os 47 programados. Nenhum foi cancelado.

Assembleia. Os servidores da Polícia Federal farão uma nova assembleia às 13h15 desta quinta-feira, na sede do Sindicato, na Lapa de Baixo, zona oeste de São Paulo, para discutir o rumo da operação.

Mais conteúdo sobre:
aeroporto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.