Operação-padrão tem 10% de adesão

A operação-padrão decidida pelas entidades de classe da Polícia Civil de São Paulo teve adesão considerada muito baixa até pelos sindicalistas. Decretada anteontem como forma de pressionar o governo até o julgamento do dissídio da categoria pelo Tribunal Regional do Trabalho, o que deve ocorrer na próxima semana, a operação previa que os delegados comparecessem a todos locais de crime. Para o governo, não houve adesão. A Associação dos Delegados informou que 10% da categoria aderiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.