´Operação Páscoa´ prende 98 na região da Baixada Santista

A Polícia Civil prendeu 98 pessoas, entre elas três menores, nesta quinta-feira, 5, durante a "Operação Páscoa" realizada em 23 municípios da Baixada Santista e Vale do Ribeira. A operação teve início às 6 horas e os mandados de prisão e de busca e apreensão foram realizados até as 14 horas. A ação, que mobilizou 350 policiais, deve continuar até o final do feriado. De acordo com o delegado seccional do Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior, Elpídio Ferrarezi, o objetivo da operação foi retirar criminosos de circulação das ruas. "O mais importante é que com esse trabalho os turistas e a própria comunidade irão ter um feriado prolongado com segurança", disse. O delegado destacou o trabalho preventivo da operação. "Se você pegar um desses criminosos que comumente praticam roubos, deixarão de ser registrados uma média de 10, 12 ou até 15 crimes que cada um deles pratica em um feriado de quatro, cinco dias", explicou Ferrarezi. Ele disse ainda que a polícia estará em lugares estratégicos para coibir a ação de criminosos durante o feriado, e cita como exemplo a ponte do Mar Pequeno, na divisa entre São Vicente e Praia Grande. "Com a operação descida, às vezes, o trânsito pára e ali os marginais costumam praticar roubos". Durante a "Operação Páscoa" foram efetuados 94 mandados de busca e apreensão, nove veículos e três armas foram apreendidos, além de 733,7 gramas de entorpecentes. A operação contou ainda com o auxílio de 124 viaturas, uma lancha seis motocicletas e um helicóptero.

Agencia Estado,

05 Abril 2007 | 18h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.