Operação policial deixa quatro mortos no Morro do Juramento

Ao menos três pessoas ficaram feridas por causa de tiroteio; mais de mil alunos estão sem aula por causa disso

Fabiana Marchezi, Central de Notícias

16 de setembro de 2009 | 14h20

Quatro supostos traficantes morreram e um policial militar ficou ferido na manhã desta quarta-feira, 16, após um tiroteio durante uma operação no Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, zona norte de Rio. A ação com agentes do 9.º Batalhão da PM serve para reprimir o tráfico de drogas e o roubo de carros e motos na região. Dois cinegrafistas - um da TV Bandeirantes e um da TV Record - foram feridos por estilhaços durante a operação.

 

Por causa do intenso tiroteio, as escolas municipais Sergipe, Bolívia e Maria Mazette e as creches Acalanto e Sementinha fecharam, deixando 1.135 alunos sem aula. Já as escolas municipais Maestro Pixinguinha e Levy Neves ficaram abertas, mas tiveram movimento reduzido.

 

De acordo com a PM, a ação, que acabou no fim desta manhã, apreendeu um adolescente, três fuzis, duas escopetas calibre 12, uma pistola 9 milímetros, uma bolsa com farta munição e drogas, além de uma bomba de fabricação caseira. O caso está sendo registrado na 27.ª Delegacia de Polícia.

 

Durante a operação, os militares fecharam por alguns minutos o tráfego na Avenida Martin Luther King para a passagem de dois carros blindados e para evitar que motoristas fossem atingidos por balas perdidas.

 

A Polícia Militar faz ainda mais uma operação no Morro do Falet-Fogueteiro, também na zona norte, e a Polícia Civil realiza uma na região de Grajaú e Jacarepaguá.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.