Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Operação prende 12 por tráfico de drogas no Rio Grande do Sul

Quadrilha é suspeita de abastecer Porto Alegre e região metropolitana com drogas trazidas do Paraguai

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

22 de setembro de 2009 | 09h43

Doze pessoas foram presas nesta segunda-feira, 21, durante a Operação Dom Quixote, do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), do Rio Grande do Sul. A ação recebeu este nome pois o principal líder do grupo mora no bairro Moinhos de Vento, em Canoas.

 

A quadrilha, segundo a polícia, abastecia Porto Alegre e região metropolitana com droga trazida do Paraguai. Na ação foram cumpridos 18 mandados de busca e apreensão e 12 de mandados de prisão temporária, com o apoio de 50 policiais e 12 viaturas.

 

Dois homens foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma, no momento do cumprimento dos mandados. Com a quadrilha foram apreendidos dois notebooks; um modem USB; duas armas, calibre .38, 73 cartuchos, calibre 38 e 14 cartuchos calibre 9mm, nove celulares, uma balança de precisão e um veículo Fiat Uno.

 

O grupo vinha sendo investigado há cerca de seis meses. O líder da quadrilha já havia sido preso pelo Denarc em 2004, na Rodoviária de Porto Alegre, vindo de Santa Catarina com 2,5 kg de cocaína. A quadrilha comercializava mais de 1,5 toneladas de maconha na capital e região metropolitana, que rendia cerca de R$ 450 mil por mês ao grupo.

Tudo o que sabemos sobre:
tráficoOperação Dom QuixoteRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.