Operação prende 2 supostos milicianos em favela do Rio

Polícia consegue identificar um bandido responsável pelo desaparecimento de uma família na Favela do Barbante

Solange Spigliatti, Central de Notícias,

08 Julho 2009 | 10h46

Pelo menos duas pessoas foram presas nesta quarta-feira, 8, durante operação da Polícia Civil do Rio de Janeiro contra milicianos da região da Favela do Barbante, em Inhoaíba e Cosmos. Segundo o diretor do Departamento de Polícia da Capital (DPC) e coordenador da operação, delegado Ronaldo Oliveira, um dos objetivos principais já foi alcançado, que era identificar o criminoso, conhecido como "Sprinter". Ele é acusado de ser o responsável pelo desaparecimento de uma família na Favela do Barbante, no último dia 30.

Cerca de 80 policiais de diversas delegacias estão cumprindo 11 mandados de prisão. Participam da operação a Delegacia de Homicídios (DH/Oeste), de Roubos e Furtos (DRF), de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) e Polícia Interestadual (Polinter), além de 15 delegacias distritais.

Mais conteúdo sobre:
crime milícias operação Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.