Operação prende 2 supostos milicianos em favela do Rio

Polícia consegue identificar um bandido responsável pelo desaparecimento de uma família na Favela do Barbante

Solange Spigliatti, Central de Notícias,

08 de julho de 2009 | 10h46

Pelo menos duas pessoas foram presas nesta quarta-feira, 8, durante operação da Polícia Civil do Rio de Janeiro contra milicianos da região da Favela do Barbante, em Inhoaíba e Cosmos. Segundo o diretor do Departamento de Polícia da Capital (DPC) e coordenador da operação, delegado Ronaldo Oliveira, um dos objetivos principais já foi alcançado, que era identificar o criminoso, conhecido como "Sprinter". Ele é acusado de ser o responsável pelo desaparecimento de uma família na Favela do Barbante, no último dia 30.

Cerca de 80 policiais de diversas delegacias estão cumprindo 11 mandados de prisão. Participam da operação a Delegacia de Homicídios (DH/Oeste), de Roubos e Furtos (DRF), de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) e Polícia Interestadual (Polinter), além de 15 delegacias distritais.

Tudo o que sabemos sobre:
crimemilíciasoperaçãoRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.