Divulgação
Divulgação

Operação retira 55 pessoas em ação de combate ao crack no Rio

Trabalho de acolhimento retirou 43 adultos e 12 crianças e adolescentes durante ação feita nesta manhã

estadão.com.br,

06 Janeiro 2012 | 14h37

SÃO PAULO - A Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) realizou na manhã desta sexta-feira, 6, mais uma operação para retirada de população em situação de rua e de combate ao crack, no centro do Rio de Janeiro. No total, foram realizados 55 acolhimentos - 43 adultos e 12 crianças e adolescentes.

Segundo a prefeitura, a maior parte das pessoas deixou as ruas voluntariamente. Mas os menores "com alto grau de comprometimento de dependência química" serão encaminhados para internação compulsória.

A ação contou com o apoio de agentes do 5º BPM e da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). O trabalho de acolhimento foi realizado por 18 funcionários da SMAS, entre psicólogos, educadores e assistentes sociais.

As equipes percorreram o entorno da Rodoviária Novo Rio, Central do Brasil, Terminal Rodoviário Américo Fontenele, além das avenidas Presidentes Vargas e Rodrigues Alves. Durante a ação foram encontrados cachimbos de crack utilizados pelos usuários.

Os acolhidos serão encaminhados para as unidades da Rede de Proteção Especial do município. Os adultos irão para o abrigo de Paciência e as crianças e os adolescentes para a Central de Recepção Carioca, também no centro.

Mais conteúdo sobre:
operaçãocrackRio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.