Operação Verão nas estradas de São Paulo começa sábado

A partir de sábado, 16, a Polícia Militar Rodoviária vai aumentar a fiscalização nas estradas do Estado de São Paulo, como parte da Operação Verão 2007, que dura até dia 25 de fevereiro. Serão mais de 4 mil policiais e mil viaturas em sete estradas. As rodovias que dão acesso ao litoral, como a Anchieta e a Imigrantes, serão monitoradas por 797 agentes numa operação com 267 viaturas.Segundo a Secretaria de Estado dos Transportes, 548.600 carros devem passar por rodovias como Mogi-Bertioga e Ayrton Senna/Carvalho Pinto neste final de ano.A previsão da Ecovias, concessionária que administra o sistema Anchieta-Imigrantes, é de que entre 4 e 5 milhões de veículos sigam da capital paulista para a Baixada Santista no período.Já a Operação Verão nas estradas e travessias litorâneas, sob jurisdição da Dersa Desenvolvimento Rodoviário e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), também começa no sábado, mas tem um dia a mais de duração: vai até 26 de fevereiro. O esquema será operacionalizado em conjunto com a Polícia Militar Rodoviária.O Gerente de Atendimento ao Usuário da Ecovias, Sidnei Torres, explica que o número de veículos pode oscilar em um milhão por conta da meteorologia. "Temos previsão levando em conta tempo ruim, regular, bom e ótimo, se for tempo ótimo o verão todo, com certeza chegamos a 5 milhões".Torres afirma que a concessionária levou em conta que o número de pessoas que optem por viajar de carro pode aumentar por causa da crise dos controladores aéreos. "Não temos como prever de quanto será esse aumento, mas sabemos que vai ocorrer e estamos preparados para atender a todos".Em 2005, 4 milhões e 400 mil veículos passaram pelos pedágios da Ecovias durante a Operação Verão.Durante a temporada, a concessionária planeja implantar operações especiais (subida e descida) em todos os finais de semana.ExpectativaA expectativa de maior movimento fica mesmo para a semana do Réveillon, quando são esperados entre 460 e 710 mil veículos. A contagem terá início a meia-noite de terça-feira, 26 de dezembro, e segue até às 24 horas de segunda-feira, dia 1º de janeiro.Na operação Natal, que começa em 21 de dezembro e segue até o dia 24, a estimativa é de que entre 230 e 300 mil veículos desçam em direção ao litoral. O número não justifica a implantação de operações especiais de tráfego e o Sistema deve operar no esquema 5X5.De acordo com a Ecovias, 350 profissionais estão envolvidos com a Operação Verão e 80 funcionários foram contratados para trabalhar nos pedágios nos dias de pico, fora das cabines, agilizando o atendimento. Nessa temporada, 22 viaturas de inspeção, 64 guinchos, cinco unidades de resgate e uma UTI vão trabalhar ao longo do sistema.A previsão do DER é de que de 184 a 207 mil veículos trafeguem pela Rodovia Litorânea (SP-55) entre o Natal e o Ano Novo. Serão postas em prática medidas para garantir segurança e fluidez no acesso a Riviera de São Lourenço, no litoral Norte, e no Trevo de Itanhaém, no litoral Sul. No trecho entre a Mogi-Bertioga e a Riviera, do km 212 ao 214, o acostamento será liberado ao tráfego, conforme a demanda.BalsasA Dersa prevê que entre 128 e 162 mil veículos utilizem a travessia marítima Santos-Guarujá nas duas últimas semanas do ano, quando sete balsas estarão em operação. Na travessia Guarujá-Bertioga, a expectativa é entre 4.700 e 6 mil veículos passem pelas duas embarcações disponíveis. Já em São Sebastião-Ilhabela, as seis balsas em operação devem transportar de 17 a 20 mil carros no período entre o Natal e o Ano Novo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.