Operações policiais ferem três com balas perdidas no Rio

Três pessoas foram feridas - entre elas uma criança - por balas perdidas em duas operações policiais realizadas nesta sexta-feira, no Rio. Diego Gomes, de 8 anos, foi baleado na manhã de hoje, durante operação da Coordenadoria de Operação de Recursos Especiais (Core), grupo de elite da Polícia Civil, no Morro do Andaraí, zona norte. O garoto foi atingido no joelho esquerdo quando voltava da Escola Afrânio Peixoto, localizada a 500 metros da subida do morro, onde cursa a 1.ª série. Segundo o chefe de Polícia Civil, Zaqueu Teixeira, o tiro foi disparado por traficantes.Testemunhas afirmam que os policiais da Core entraram na comunidade atirando e não socorreram Diego, que foi levado para o Hospital do Andaraí por um morador da favela. A ação policial contou com dez carros e um helicóptero. Mais tarde, policiais militares foram para o local para reprimir manifestações. A assessoria do hospital não atendeu as ligações da reportagem do Estado.À tarde, um homem e uma mulher ficaram feridos em tiroteio entre policiais do 1º Batalhão da PM (Estácio) e traficantes do Morro Cerro Corá, no Cosme Velho, zona sul. A troca de tiros aconteceu na Ladeira da Ascurra, um dos acessos à favela, perto de um terminal de ônibus. As vítimas não foram identificadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.