Operadoras prometem bloquear celulares na área de Bangu

Representantes de cinco operadoras de telefonia celular que estiveram reunidos, hoje, com o secretário de Administração Penitenciária, Astério Pereira dos Santos, comprometeram-se a apresentar, em quinze dias, projeto de retirada do sinal telefônico na região do Complexo Penitenciário de Bangu. Segundo o secretário, as operadoras, o ouvidor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e os representantes do Ministério Público reconheceram a importância do laudo técnico pedido pela Secretaria, que comprova que as antenas das operadoras estão prejudicando o funcionamento dos bloqueadores de celular dos presídios, informou a Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.