Operário cai do 18º andar e sobrevive em Curitiba

Acidente aconteceu provavelmente em razão de problemas no equipamento de segurança

Evandro Fadel, de O Estado de S.Paulo

04 de abril de 2008 | 20h14

O pintor Reinaldo Quintiliano, de 41 anos, caiu, na manhã desta sexta-feira, 4, do 18o. andar de um edifício em construção no Bairro Mossunguê, em Curitiba. Apesar dos cerca de 60 metros de queda, ele sobreviveu. Quintiliano está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Evangélico, depois de passar por cirurgias em razão de fraturas na coluna, cabeça e pernas.   O acidente aconteceu provavelmente em razão de problemas no equipamento de segurança, o que será investigado pelo Núcleo de Repressão a Crimes contra a Saúde Pública. Ele sobreviveu, pois conseguiu agarrar-se em outro cabo de segurança, o que amenizou a queda. Em uma nota, a construtora Plaenge garantiu que o funcionário da VDM Pinturas "portava todos os equipamentos de segurança pertinentes ao trabalho realizado". De acordo com a empresa, ele passou pelos treinamentos preventivos na área de segurança.

Mais conteúdo sobre:
Curitibaprédio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.