Oposição pede renúncia de integrantes da CPI dos Ônibus no Rio

Documento será entregue à Mesa Diretora; manifestantes que estão na Câmara desde sexta-feira aceitaram desocupar o plenário para realização de sessão

Clarissa Thomé, O Estado de S. Paulo

13 de agosto de 2013 | 14h34

RIO - Vereadores de oposição entregam nesta terça-feira, 13, documento à Mesa Diretora da Câmara Municipal pedindo a renúncia dos quatro integrantes da CPI dos Ônibus que não assinaram o requerimento para instalação da comissão de investigação. Pedem também que a presidência da CPI seja entregue ao vereador Eliomar Coelho (PSOL), autor da proposta de investigação.

O grupo de sete vereadores, do PSOL, PSDB e PR, além do petista Reimont, se encontrará na noite desta terça com o procurador-geral de Justiça, Marfan Vieira, para discutir a legalidade da CPI. Os manifestantes que ocupam a Câmara desde sexta-feira aceitaram deixar o plenário para que ocorra a sessão prevista para hoje. Eles estão em uma sala no hall da Câmara e receberam água e alimentos para permanecerem no Palácio Pedro Ernesto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.