Orkut terá que pagar R$12 mil de indenização por veicular foto de menor nua

Pais alegaram que menor teria sido vítima de tentativa de estupro com violência presumida

Marcela Bourroul Gonsalves, estadão.com.br

03 Agosto 2011 | 19h16

SÃO PAULO - Uma família do interior de Minas deve receber indenização por danos morais de R$ 12 mil da Google/Orkut. A decisão foi tomada após a empresa veicular a foto de uma menina de 13 anos nua com comentários maliciosos. A decisão da 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) foi divulgada nesta terça-feira, 2.

A menina e seus pais ingressaram com uma ação na Justiça sob a justificativa de que a menor teria sido vítima de tentativa de estupro com violência presumida, além de ter sido fotografada nua pelo autor do crime em questão, que divulgou a fotografia por meio do site de relacionamentos Orkut. A família tomou conhecimento do fato através de colegas e amigos.

A Google Brasil alegou que não pode ser responsabilizada por ato de terceiro, que, no caso, foi quem inseriu a fotografia da menor no Orkut, que seria apenas o site hospedeiro. A empresa afirmou ainda que não controla o conteúdo veiculado, que é de responsabilidade do autor do perfil.

O juiz Sérgio Luiz Maia condenou a empresa ao pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 6 mil para a menor e de R$ 3 mil para cada um dos pais. Os autores da ação e a empresa recorreram, mas a decisão da primeira instância foi mantida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.