Orquídea é opção de presente para o Dia das Mães

O Dia das Mães se aproxima e a cada dia aumenta o fluxo de pessoas nos shopping centers à procura de um presente. Dentre milhares de opções, apenas um deles pode se renovar a cada ano, a orquídea. ?É um presente que será sempre relembrado quando as flores voltarem a abrir nos anos seguintes", explica Julia Meyer Pflug, que hoje administra o Orquidário Morumby, instalado há 20 anos na zona Sul de São Paulo. Quem quiser conhecer melhor esta família de plantas que engloba cerca de 35 mil espécies conhecidas pode aproveitar a exposição que o orquidário promove de hoje a que se realizará no Orquidário Morumby, de quinta a domingo das 8h às 18h. Estão expostas e à venda mais de quatro mil orquídeas em flor. No local também pode ser encontrado todo o material para o cultivo. O orquidário também ministra cursos, workshops e, aos domingos, há palestras gratuitas das 11h às 13h sobre os cuidados básicos necessários para o cultivo da orquídea.Planta surgiu há 130 milhões de anos As orquídeas surgiram e estabeleceram-se no planeta quando os continentes ainda estavam unidos, há mais de 130 milhões de anos. Mas as plantas foram evoluindo de forma diferente nos vários cantos do mundo, das Laelias e Cattleyas brasileiras (cada gênero com cerca de 70 espécies espalhadas pela América do Sul) às Phalaenopsis (falenópsis) da Índia e das Filipinas (que são um gênero hoje cultivado em todo o mundo, com cerca de 40 espécies). As flores da orquídea geralmente são grandes em relação à planta e com seis pétalas de formato variável. Na verdade, são três sépalas externas, que formam o botão da flor, mais três pétalas internas maiores, uma delas diferenciando-se em forma tubular para formar o labelo. O Orquidário Morumby fica na Av. Giovani Gronchi, 6829, zona Sul de SP. A entrada e o estacionamento são gratuitos. Informações no telefone 11 3746-6433 ou pelo site www.morumby.com.br.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.