Os novos caras

Eles vão aparecendo aos poucos, saídos dos escombros da piada pronta. Gente que nunca achou a menor graça no papel de bobo reservado a Rubinho Barrichello na crônica do circo da F-1 anda por aí tacando pedra no frágil telhado do humor. Está aberta a temporada de caça a quem não levava o piloto da Brawn a sério desde os tempos da Ferrari. E não venham agora querer botar panos quentes nas molecagens que fizeram com o rapaz, não!

Tutty Humor, O Estadao de S.Paulo

15 de setembro de 2009 | 00h00

A turma do Casseta & Planeta talvez nem vá ao ar logo mais. Sorte do gaiato que, em gozo de férias, não precisa ficar com cara de tacho diante de um Rubinho "impecável" celebrado nas manchetes esportivas de ontem. É cedo ainda para entregar os pontos, mas pode ser que, de fato, a imagem do brasileiro vencedor esteja mudando radicalmente com os tempos.

Não vê o Dunga? Só falta bater em quem fazia piada com ele no início do ano! Se for uma tendência, logo vai chegar o dia em que os rapazes de preto do CQC não vão poder sair à rua sem esquema de segurança pessoal. Quer saber? Tá feia a coisa pro nosso lado, viu!

BODE EXPIATÓRIO

Prevista para esta semana, a mudança do domicílio eleitoral de Ciro Gomes para São Paulo pode coincidir com a chegada de nova frente fria à cidade. Ou seja, se o Tietê voltar a transbordar nos próximos dias, aí mesmo que o prefeito e o governador não terão nada a ver

com isso.

AFROLOCUTOR

Galvão Bueno está abusando do bronzeamento artificial. Que cor é aquela, caramba?!

Romance do século

O governo de Kiev abortou a experiência ao negar a Elton John o direito à adoção pretendida, mas o mundo das celebridades viveu ontem a possibilidade real de um dia testemunhar o romance do filho ucraniano do músico inglês com a filha malauiense de Madonna. E tem gente que não acredita na globalização. Ô, raça!

Ponto de vista

Lula foi ontem a Roraima pela primeira vez desde que assumiu o cargo. O pessoal de lá deve achar que o presidente viaja pouco.

Nosso Obelix

Pode ter pesado na opção preferencial pelos caças franceses o vidrinho da poção mágica dos gauleses que Nicolas Sarkozy deu de brinde a Nelson Jobim. Se, antes, o ministro já não cabia em si...

Pretinho básico esmaecido

Ainda que temporariamente banido dos muros da 23 de Maio pelo colorido dos grafiteiros, o "cinza Kassab" deve ser a sensação da moda primavera-verão no Brasil.

Que urucubaca, tchê!

A governadora Yeda Crusius quase ateia fogo às vestes ao acender uma espécie de pira da Semana Farroupilha. Precisa tomar cuidado pra não se afogar na cuia de chimarrão.

Outro cara

O mundo árabe também não faz mais heróis como antigamente. O sujeito mais festejado hoje praquelas bandas é o jornalista iraquiano libertado ontem após 9 meses na cadeia por atirar seus sapatos em Bush. Cá pra nós é pouco, né não?

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.