Oscar Maroni deixa carceragem do 40.º DP

O empresário Oscar Maroni deixou a carceragem do 40º Distrito Policial (Santa Maria) na noite de ontem. A juíza Maria Fernanda Belli, do Departamento de Inquéritos Policiais e Polícia Judiciária (Dipo), aceitou o pedido de relaxamento de prisão. Ele foi detido no dia 15, acusado de ameaçar a ex-namorada "no curso do processo". Maroni, proprietário do Bahamas, na zona sul de São Paulo, é acusado de formação de quadrilha, exploração da prostituição, manutenção de prostíbulo e tráfico interno de seres humanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.