Ouro Preto pode perder título de patrimônio mundial

Ouro Preto, a primeira cidade brasileira declarada patrimônio cultural da humanidade por abrigar o maior conjunto arquitetônico colonial do País, corre o risco de perder o título, concedido há 23 anos pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).A precariedade da manutenção do acervo tem sido constantemente denunciada. A ocupação desordenada das encostas, a precária infra-estrutura de serviços urbanos e o grande número de obras irregulares ameaçam os bens tombados.O risco da perda do título de patrimônio cultural da humanidade mexeu com o habitantes de Ouro Preto. Num esforço para conscientizar os moradores sobre a importância de se conservar o município, entidades e ONGs do município decidiram se unir, no ano passado, para combater o processo de deterioração do conjunto tombado.

Agencia Estado,

14 de abril de 2003 | 22h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.