Outono frio em São Paulo. Nada anormal, diz meteorologista

Apesar de este fim de outono parecer mais frio e chuvoso, as médias das temperaturas e o índice de chuva estão dentro dos padrões climatológicos em maio, na capital paulista, de acordo com o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Leandro Della Vedova. A média das mínimas está um grau acima do normal de 13,6 graus, somando, até ontem 14,6 graus. As máximas estão estáveis, dentro dos 23 graus. O índice de chuva no mês é de 66,5 milímetros e, até agora, choveu 58 milímetros na estação do Inmet no Mirante de Santana, na zona norte da cidade.Além de não concordar que uma estação mais atípica implique na determinação de a próxima ter o mesmo comportamentoclimatológico, Della Vedova explica que foram os anos anteriores que apresentaram temperaturas mais elevadas e menor precipitação para a estação. Daí a impressão de temperaturas mais baixas e mais chuva neste outono.Este ano, sem a influência dos fenômenos El Niño e La Niña - episódios de maior aquecimento ou esfriamento das águas doPacífico equatorial - as estações do ano estão com um comportamento normal, apresentando, porém, eventos meteorológicos mais intensos de vez em quando.Comparada com os dois últimos anos, a próxima estação vai parecer mais fria, mas a previsão do Inmet para o inverno, que começa no dia 20 de junho, é de normalidade climatológica, com média das temperaturas entre 12,1 e 22 graus em junho; 11,4 e 22 graus em julho; 12,4 e 23,6 graus em agosto e 13,7 a 24,2 graus em setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.