Paciente foge em ambulância, provoca acidente e morre

A polícia de Serra Azul, cidade com cerca de 8 mil habitantes na região de Ribeirão Preto, deverá intensificar a partir de desta quarta-feira, 6, a investigação sobre o incidente ocorrido na madrugada desta terça-feira, 5, que terminou com a morte de um paciente e do motorista de uma carreta. Durante atendimento no Pronto-Socorro, o paciente Jéferson Pereira Gonçalves, de 19 anos, fugiu em uma ambulância e bateu o veículo de frente contra uma carreta carregada com vinhaça, um subproduto da cana-de-açúcar, na Rodovia Virgílio Gomes. Gonçalves e o motorista da carreta, José Sebastião Soares, de 50 anos, morreram na colisão.Segundo o investigador da Polícia Civil, Riberto Cassiani, Gonçalves telefonou à Polícia Militar e disse que estava passando mal. A PM acionou o Pronto-Socorro, no início da madrugada desta terça-feira, e uma ambulância foi enviada ao bairro Lagoa Preta para buscar Gonçalves. Porém, ao chegar no pronto-socorro ele recusou-se a ser medicado e pouco depois aproveitou-se de um descuido e fugiu em outra ambulância, que estava com a chave na ignição.Pelo trajeto, a polícia deduz que Gonçalves estaria apenas voltando para casa. Mas, no caminho, a ambulância bateu na lateral de um Tempra e na Rodovia Virgílio Gomes chocou-se frontalmente contra a carreta de vinhaça. Com o impacto da colisão, os veículos ainda arrastaram-se por cerca de 200 metros. Gonçalves foi lançado para fora da ambulância. Soares ficou preso nas ferragens e foi resgatado pelos bombeiros. A pista ficou interditada até o final da madrugada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.