Paciente some por 6 dias e é encontrado perto de hospital

Desaparecido desde o último sábado, um paciente do hospital psiquiátrico Jardim das Acácias, de Sorocaba, foi encontrado nesta sexta-feira, dia 3, caído em uma vala próximo ao terreno do centro médico. Ainda vivo, foi levado a um pronto-socorro, onde sofreu três paradas cardíacas e não resistiu. Claudinei Ribeiro, de 42 anos, havia desaparecido horas depois de ser internado, por problemas de alcoolismo. A família acusa o hospital de negligência. Ribeiro foi levado ao hospital psiquiátrico depois de uma crise causada pelo alcoolismo. No mesmo dia da internação, funcionários da instituição procuraram a Delegacia Participativa para registrar um boletim de ocorrência sobre a fuga. O hospital fica no bairro do Cerrado, próximo do centro da cidade, e é cercado por muros. Os funcionários teriam procurado por Ribeiro nas imediações, na tentativa de localizar o doente. No entanto, o homem só foi encontrado quando era feita uma limpeza no terreno. Ele estava caído, bastante debilitado, mas ainda vivo, em uma vala com cerca de três metros de desnível. Ribeiro foi levado de ambulância para o pronto-socorro do Hospital Regional, mas não sobreviveu. Seu corpo foi velado neste sábado em Sorocaba. Um irmão do paciente, Vanderlei Ribeiro, ficou revoltado com o que considerou negligência do hospital psiquiátrico. A família quer a apuração das circunstâncias da morte e pode processar a instituição. De acordo com um auxiliar de enfermagem que se identificou apenas como Gedeão, a direção do hospital só vai se manifestar sobre o caso amanhã. O hospital é particular, mas mantém convênio com o Sistema Único de Saúde (SUS) e recebe repasses do Governo Federal. O paciente era atendido pelo SUS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.