Pacientes submetidos a cirurgias de catarata perdem a visão

Onze pacientes submetidos a cirurgias para correção de catarata no hospital da Visão de Novo Hamburgo, na região metropolitana de Porto Alegre, perderam a visão em um dos olhos. Como todas as operações ocorreram no mesmo dia ? 8 de dezembro ? e no mesmo local, a direção do hospital fechou o bloco cirúrgico e está investigando as causas do problema. O Conselho Regional de Medicina (Cremers) enviará uma comissão de fiscalização ao hospital nesta quarta-feira.As primeiras suspeitas apontam para um caso conjunto de infecção hospitalar. Os sintomas descritos pelos pacientes, que procuraram socorro nos dias seguintes à cirurgia, foram de febre, vômitos e náuseas. ?Não estou acreditando, a vista direita não tem mais condição?, disse nesta terça-feira o eletricista Domingos Mafaccioli.Os médicos estão preocupados agora com a preservação do segundo olho dos paciente. Apenas cinco das 16 pessoas operadas no mesmo bloco no dia 8 não apresentaram problemas. O hospital da Visão foi credenciado pelo Sistema Único de Saúde em novembro do ano passado e já fez cerca de 1,5 mil cirurgias de catarata.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.