Padilha deve liberar R$ 90 mi para o Rodoanel

O presidente da Desenvolvimento Rodoviário SA (Dersa), Sérgio Pereira, afirmou que o ministro dos Transportes, Eliseu Padilha, deverá assinar hoje, em Brasília, a liberação de uma verba de R$ 90 milhões para as obras do Rodoanel Metropolitano de São Paulo. Segundo Pereira, R$ 40 milhões serão liberados este mês, o que vai permitir a retomada dos trabalhos paralisados por falta de recursos. De acordo com ele, R$ 30 milhões virão em junho e os outros R$ 20 milhões em julho. O presidente da Dersa informou que a empresa mantém a expectativa de terminar as obras no trecho de seis quilômetros entre as rodovias Régis Bittencourt e Raposo Tavares no final do mês de julho. Recentemente, as construtoras demitiram 400 dos 3 mil trabalhadores do Rodoanel porque não receberam o pagamento do governo.Pereira afirmou também que voltará a discutir com a Prefeitura de São Paulo alguma forma de cooperação com as obras do Rodoanel. Embora o ex-prefeito Celso Pitta tenha assinado um acordo para participar do empreendimento, o Município nunca liberou recursos para a obra. "Acreditamos que a Prefeitura pode cooperar de várias formas, não apenas com dinheiro", disse Pereira.Para ele é improvável que o Município passe a contribuir financeiramente com o empreendimento ainda neste ano. "Mas a Prefeitura pode ajudar com estudos técnicos; o que não adianta é ficar reclamando sem fazer nada", disse Pereira, referindo-se a recentes críticas da Prefeitura às obras do Rodoanel que estão sendo executadas pelo governo estadual.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.