Padre é acusado de abusar sexualmente garotos em MG

A polícia investiga um padre da igreja católica, acusado de abusar sexualmente de seis garotos na pequena cidade de Comendador Gomes (MG), na divisa com São Paulo. O caso só veio a público depois que um dos menores, um adolescente de 16 anos, gravou um vídeo com supostas cenas de sexo entre ele, um outro menor de 11 anos e o padre S. B., de 33 anos.A polícia classificou as imagens de ´muito fortes´. A igreja enviou representantes para acompanhar o caso e afastou o padre até a apuração completa das denúncias. S. B. deixou a cidade e é tido como foragido pela polícia. Se comprovadas as denúncias, o padre deverá ser indiciado por pedofilia, cuja pena é de até seis anos de prisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.