Padre é morto a pauladas na Bahia

O padre italiano Bruno Baldacci, de 63 anos, foi assassinado na noite de quarta-feira, 29, a pauladas, na casa reservada aos religiosos da Paróquia de Nossa Senhora das Candeias, na cidade de Vitória da Conquista, sudoeste baiano. O corpo da vítima foi encontrado na manhã desta quinta-feira, 30, no quarto da casa paroquial.Conforme o pároco da Igreja das Candeias, Edilberto Amorim, a zeladora e a secretária da paróquia perceberam que Baldacci não havia levantado por volta das 9 horas e a casa estava em silêncio. "Elas bateram na porta e como não houve resposta foram me chamar", contou. A principal suspeita da polícia é que padre Baldacci tenha sido morto por jovens que procuravam ajuda na igreja. O religioso desenvolvia trabalho comunitário na região há mais de vinte anos e nunca se preocupou com sua segurança pessoal.Logo que a notícia do assassinato se espalhou, uma multidão apareceu na paróquia. As pessoas não escondiam a emoção diante da morte de um homem que nutria grande prestígio na comunidade. A Delegacia de Vitória da Conquista abriu inquérito e está investigando o crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.