Padre é preso por atentado violento ao pudor

A polícia civil de São Mateus do Sul, no sul do Paraná, prendeu, no fim da tarde desta segunda-feira, o padre de São João do Triunfo, município vizinho, Jacinto César Tarachuk, de 35 anos, sob acusação de atentado violento ao pudor.O padre nega que tenha mantido relação sexual com um adolescente de 14 anos, mas exames feitos no menino detectaram resíduos superficiais de esperma. Segundo o superintendente da delegacia, Almir Portela, um adolescente telefonou para a delegacia na tarde desta segunda-feira, dizendo ter estranhado que um senhor, dirigindo um Gol, estivesse convidando garotos em São Mateus do Sul, onde o padre já havia trabalhado, para ajudar a cortar grama. Um dos meninos teria aceito o convite.Na rodovia que dá acesso a União da Vitória, policiais encontraram o Gol parado no acostamento e logo depois perceberam um homem que saía de um matagal, seguido de um adolescente. Sem saber que se tratava do padre, os policiais o abordaram.Segundo o superintendente, a princípio Tarachuk negou que conhecesse o menino. Eles foram levados à delegacia, onde, perante membros do Conselho Tutelar, o menino, que mora com a avó, acabou confessando ter sido obrigado a fazer sexo.O padre está há um ano na paróquia de São João do Triunfo. O bispo de União da Vitória, Walter Ebejer, responsável pela paróquia, não foi encontrado, na tarde desta terça, na Mitra Diocesana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.