Padre esfaqueado sai da UTI

O padre Priscilo Gerônimo, de 55 anos, de Pirassununga, saiu da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Camilo nesta manhã, um dias após ter sido esfaqueado. Ele foi atacado por Mário Luís Ferreira de Souza, de 25 anos, na tarde de ontem, dentro da Igreja Santo Antônio, no centro do município, onde atua há anos. Souza foi preso em flagrante no mesmo dia e, por motivos de segurança, está na Cadeia de Limeira. Os golpes atingiram o intestino e o baço do padre, que foi internado em estado grave. Testemunhas disseram à polícia que Souza atacou o padre assim que este saiu do confessionário. O mesmo agressor, que tem passagens pela polícia e problemas mentais, já teria investido contra o padre há alguns dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.