Padre Marcelo reúne 100 mil fiéis em São Paulo

A Igreja comemorou hoje, com missas e procissões em todo o mundo, o Domingo de Ramos, que marca o início da Semana Santa. Em São Paulo, o padre Marcelo Rossi reuniu cerca de 100 mil fiéis em duas missas, uma pela manhã e outra à tarde, no novo Santuário do Terço Bizantino, em Interlagos. Na Igreja da Consolação, os católicos participaram da missa celebrada pelo arcebispo de São Paulo, o cardeal Cláudio Hummes. Em Roma, a celebração presidida pelo papa João Paulo II levou 300 mil pessoas à Praça de São Pedro. As missas animadas pelo padre Marcelo, que tiveram como celebrante o bispo d. Fernando Figueiredo, marcaram a inauguração do novo Santuário do Terço Bizantino, agora abrigado num antigo galpão industrial. Cada uma delas atraiu cerca de 50 mil pessoas. A missa da tarde também contou com a participação do cantor Aguinaldo Rayol. O padre Marcelo apareceu no altar para a primeira missa às 8h43, 17 minutos antes do horário marcado. Foi recebido com o entusiasmo costumeiro de seus fiéis. A cerimônia durou mais de duas horas. Padre Marcelo cantou e animou os presentes, entre os quais se encontrava o governador Geraldo Alckmin e a primeira-dama Lúcia Alckmin.Tradição - No centro da capital, em torno de 200 pessoas segundo estimativas da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) participaram pela manhã de uma procissão com o arcebispo de São Paulo, cardeal Cláudio Hummes.

Agencia Estado,

08 de abril de 2001 | 21h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.